segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O Leão ...


O Leão um certo dia caiu na real
Viu que aquela vida não era a ideal
Vivendo encarcerado
Cercado de gente estranha por todos os lados

Mirava o horizonte
Em vez de ver a beleza de um monte
O Leão só vê pedra sobre pedra amontoada
Pobre Leão,ficou sem entender nada

Cadê a savana?
Ele sente que a Mãe Africa ainda o ama
Mas os prédios o impedem de enxergar
O caminho para voltar

O Leão cansou dessa vida artificial
Não quer mais saber do espetáculo final
Até aqui ele foi domado
Mas agora da o espetáculo por terminado

Sai em busca de um novo nascente
Onde prédios não ocultem o poente
Onde sua Terra Mãe vai lhe acolher
Onde ele quer ver seus filhos crescer

Chega de ser condenado
A viver a vida concretado
O Leão quer a savana,a selva, o mato
Quer ser rei e naturalmente cumprir o seu reinado

Matheus Valente Gonçalves  06/12/2014



segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Corrida humana...

O rio não para
A vida não para
Vários fluxos formam o Universo
Mas aqui o fluxo é reverso

Corremos
E corremos pra quê?
Corremos pra onde?
Corremos pra quem?

A corrida humana
Já não funciona
Tropeçando nas próprias pernas
O sistema tem cãibras
E começa a falhar
Então aonde vamos chegar?

Corremos mesmo sem ter que correr
Corremos mesmo sem saber
Corremos sem parar momento algum
Corremos sem chegar em lugar nenhum

Nos aglomeramos,moramos empoleirados
Construímos prédios,arranha-céus,sobrados
Vivemos aglomerados e cada vez mais separados
Há algo nessa história que está errado

Todos juntos e todos sós
Quem afinal somos nós
No meio dessa multidão
Que corre para sua total destruição


Matheus Valente Gonçalves  19:15  01/12/2014

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

A liberdade é agora...

A liberdade não é um lugar
Onde temos que chegar
Assim vira uma grande utopia
Que quanto mais a gente chega perto mais se distancia

Liberdade é poder sentir
Que feliz somos por nesse mundo existir
Olhar ao redor e sorrir
Sentindo a energia que nos faz prosseguir

A liberdade não está la fora
Ela está dentro,ela está agora
Dentro da mente é onde ela mora
Assim não é preciso alcançá-la e ela nunca vai embora

Então por onde a gente andar
A sensação de liberdade vai nos tomar
Livres para sorrir,livres para compartilhar
Trocando energias positivas por onde passar

E a Vida nos mostra por onde devemos andar
Nos avisa muitas vezes para ter cuidado onde pisar
Pois não são todas as trilhas em que podemos confiar
Sabendo ouvir a Vida não tem como errar

Matheus Valente Gonçalves  17:00 15/10/2014

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

A culpa é do PT !

É muito engraçado que quando o governo era de direita a corrupção ficava só na espreita, camuflada, escondida e por que será?Será que é porque a mídia é de direita?
A partir do momento que o PT começa a governar, todos os dias a mídia lança novas notícias de corrupção e a população acredita e fica raivosa com o PT, mas se esquecem que os corruptos também são dos partidos de direita.
Nós vivemos enganados por todos os lados. Nosso povo é ingênuo e ignora os fatos, acreditam que a TV é a verdadeira versão dos fatos. Mas ninguém pensa que pela TV somos alienados, ela comanda nossas mentes para que acreditemos no que eles querem. Então muito cuidado, desliguem a TV e analisem os fatos, vão atrás das notícias verdadeiras não esperando que elas cheguem até vocês pois nesse caminho muita coisa será introduzida distorcendo a veracidade do que nos é passado.
A corrupção não é de agora é milenar, não é correta, mas é histórica. E quanto mais o povo se alienar mais fácil será de enganá-lo e  tentar fazê-lo acreditar que a corrupção começou com o PT a governar.
- Matheus Valente

Sorriso fácil...

Como é triste a gente ter que cuidar nosso sorriso.É cuidar nosso sorriso mesmo,mas o que digo não é ir no dentista,mas é cuidar para quem  devemos sorrir.Afinal quem tem o sorriso fácil incomoda,quem é feliz incomoda,quem tem ideias e visões felizes incomoda.A felicidade incomoda muita gente,infelizmente.Jamais deixemos que abalem nossa felicidade e o nosso sorriso fácil,nossas palavras agradáveis e nosso tom de voz suave.Aos que tentam vetar isso,levarão apenas sorrisos,um bater de ombros e um sábio silêncio.

- Matheus Valente

domingo, 5 de outubro de 2014

Universo Interior

Sabemos que desde o ''Big Bang'' o nosso universo está em contínua expansão.
Partindo dai,vejo cada cabeça como um universo repleto de bilhões de galáxias, estrelas,planetas,cometas,poeira espacial etc.
Sendo assim,nosso universo interior se mantém em constante expansão também.Está sempre em crescimento constante.
Mas existem várias pessoas que conseguem estancar a expansão de seu universo interior,quanto mais ele tenta expandir,mais é segurado pelo indivíduo. Muitas vezes nem se dão conta do mal que estão fazendo para si.
Rancor,inveja,lamentos,privações,preocupações fúteis,armações e outras tantas formas de privar a sua expansão.
Galáxias sãos todos os pensamentos,estrelas são os pensamentos positivos,planetas são as atitudes realizadas a partir das estrelas,cometas são pensamentos não muito produtivos e poeira espacial as atitudes a partir dos cometas.
Nosso universo interior é gigante e imensurável,mas não é inexplorável,há tanta coisa para ser explorada,achada,pescada,relembrada,guardada,retirada, apagada e o melhor é que não precisamos pagar nada para viajar por ele,tampouco fazer algum esforço físico,no máximo achar um lugar que nos faça entrar em sintonia mais profunda com nosso próprio universo.

Matheus Valente  02/10/2014

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Egoísmo...

Egoísmo...

O egoísmo
É um abismo
Que o egoísta carrega dentro de si
Um abismo dos mais profundos que já vi

Não seja um egoísta
Liberte-se de ser materialista
Escravo do que tens
Correndo sempre para acumular mais bens

O egoísta vive numa prisão
Que lhe da a ilusão
Que nos materiais é que está sua salvação
Cuidado para não se enganar,meu irmão

Tudo para mim,nada para o próximo
Vivem a vida como se fosse um negócio
Não querem emprestar,não querem dividir
Mas na hora em que precisar eles vão te pedir

Qual a lógica de viver assim?
Tudo que tenho é meu e só pra mim
Mas a única coisa daqui que vais levar
É o teu egoísmo que mesmo depois da morte vai te acompanhar

-Matheus Valente  Gonçalves  24/09/2014

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Enquanto houver...

Sigo sozinho
Trilhando o meu caminho
Trazendo no peito um tambor
Que toca ritmos de amor

Vou tocando esse tambor
Seja aonde for
Levando alegria onde houver dor
Sentindo a natureza e todo o seu esplendor

Caminhando
Enquanto houver caminho
Tocando enquanto houver som
Dentro do meu coração

Usando o som e a poesia para divulgar
As coisas que tenho para falar
Da maneira positiva de observar
Todo esse mundo que não pára de girar

Enquanto houver um tambor a tocar
Eu estarei por ai,pelo ar
Minhas ideias vão viajar
Por cima da terra,dentro do mar

Enquanto houver amor
Enquanto houver alegria
Enquanto houver flor
Enquanto houver poesia
Estarei por ai,seja aonde for

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  19:00  23/09/2014

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Divino salário...

O pensamento se não é materializado no papel
Se perde com o vento pelo céu

A maioria dos pensamentos vão na mesma direção
Até que um resolve ir na contramão
Criando a maior contradição
Cuidado! É proibido usar a razão

Não podemos pensar demais
Para não prejudicarmos a paz
A paz de quem se satisfaz
Em quanto a vida do outro se desfaz

Não use a razão
Espere pelo divino e seu perdão
Nada lhe faltará,eles dirão
E o pouco dinheiro que ainda tens,lhe tomarão

Afinal deus precisa de dinheiro
Do mundo inteiro ele é o engenheiro
E quem paga o seu salário?
O povo que pelo pastor é feito de otário

Na casa do senhor,deus,é o cifrão
Então pague por uma oração
Pague para receber o perdão
E em troca receberás uma mera ilusão


Matheus Valente Gonçalves 09:00 11/09/2014

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Busca por conhecimento...

Conhecimento...

A partir do momento em que adquirimos e vamos expandindo nosso conhecimento sobre a vida e seu funcionamento, sobre o que nos cerca e sobre nossos próprios comportamentos, tanto os que vêm de dentro, como os que são impregnados pela sociedade em que vivemos, podemos parar, analisar, pensar e repensar nos porquês desses comportamentos e nas inúmeras formas de pensamentos, pensar sobre a veracidade do que nos é passado, ensinado e divulgado.

Vivemos em uma sociedade que acredita em inverdades tidas como verdades absolutas. Por isso é importante que exercitemos o nosso pensamento para podermos ir além das nossas expectativas e do que acreditamos. Ao vermos o outro lado conseguimos aos poucos ir saindo dessa areia movediça que, cada vez mais, vai nos puxando para baixo até nos sufocar nos tornando escravos dessa forma equivocada de pensar. De não pensar, melhor dizendo. E, não pensando nos porquês e nas verdadeiras razões das coisas à nossa volta, acabamos por compartilhar dos mesmos equívocos cometidos há tantos anos.

Conhecimento II

Quanto mais vamos conhecendo, pensando, visualizando e sentindo o mundo que nos cerca, mais desvendamos seus mistérios e tabus.
Dessa forma, vamos nos dando conta do que é realmente certo e errado e os erros cometidos são analisados e aos poucos vão sendo corrigidos.
Quanto mais conhecemos, mais nos damos conta do pouco que sabemos e por mais que aprendamos,temos a certeza que vamos morrer sem aprender tudo. Mas o tudo que aprendemos até a nossa partida é o que importa.
Além de desenvolver nosso conhecimento, precisamos desenvolver nosso carisma, nossa sinceridade, nosso amor, nosso respeito com o próximo, nosso ouvido. Saber ouvir é fundamental, pois o ouvido não pode receber tudo de todos. Ele deve selecionar aquilo que vai receber, deixando entrar o que vai nos acrescentar e barrando o que vai nos prejudicar.
Beber em uma só fonte de conhecimento pode dar uma breve sensação de saciar a nossa sede, e muitas pessoas irão sentir-se saciadas. Em contrapartida, há outras pessoas as quais uma só fonte não consegue saciar toda sua sede.
Então suas raízes se alastram cada vez mais em busca dessa ''água'' que podemos encontrar em abundância por todos os lados.

Quais as formas de obter conhecimento?

A partir do momento em que saímos do útero de onde fomos gerados e ficamos incubados durante nove meses (nem sempre), tudo é novidade, tudo é conhecimento, ali desperta uma centelha que em alguns casos se apagará rápido, em outros diminuirá, mas, em algum momento, reacenderá com toda a força.
Vamos adquirindo conhecimento através das trocas de experiências e através da nossa própria curiosidade. Esta é a primeira linha de conhecimento, que, embora primeira, continua sempre a nos acompanhar até o fim.
A partir disso passamos para a segunda linha de conhecimento que vem através da leitura, da observação e do exercício do pensamento, pensando e repensando sobre tudo que é lido, que nos é ensinado e que é assistido.
Para obter conhecimento primeiro devemos estar abertos a recebê-lo e uma das melhores formas pra isso é através da audição, trocando meia dúzia de palavras com pessoas conhecidas ou desconhecidas, mas que também tem seu conhecimento, suas vivências e histórias que podem ou não nos acrescentar algo importante na nossa caminhada em busca do conhecimento.

Matheus Valente Gonçalves 01 e 02/09/2014

Por mais que tenhamos sorte...

Por mais que tenhamos sorte,nunca escaparemos da morte.

Observando o planeta em que vivo.Que vive há bilhões de anos e que sobre ele viveram mais bilhões de espécies no passado e que morreram e assim sucessivamente.
Iniciando e terminando seu ciclo,cada indivíduo de cada espécie,de bilhões de espécies passadas.
Me pergunto,onde eles foram parar?E os nossos ancestrais primitivos onde foram parar?Onde fica o cemitério do Universo?
Não posso acreditar em reencarnação,porque seria circular,sempre os mesmos indo e voltando e onde fica a lógica disso? Iria virar rotina.
Sinto que somos feitos de energia,tudo se originou da energia e energia se renova.
Mesmo quando se esgota,deixa um resquício.Então quando nosso ciclo chega ao fim,o corpo alimentaria a terra se nela fosse enterrado.E a nossa energia alimenta a Mãe Terra,e essa energia logo se transforma,juntando-se com tantas outras energias possíveis,podendo dar origem a qualquer forma de vida,pois toda a vida é feita de energia.E esse é o ciclo que faz a Terra girar.

*Pensamento elaborado no caminho que foi pedalado até as Dunas,onde finalmente foi gerado.

Matheus Valente Gonçalves  08/09/2014

Desacelerando...

Hoje desacelerei,pedalei e pedalando observei.
A maioria das pessoas que estavam acelerando,pareciam estar se cansando.Mas cansando de quê?
Se não estão fazendo esforço e quase todos carros tem um ótimo ou excelente conforto.
Olhares fixos,olhos baixos,uma mão escora a cabeça outra segura o volante.
De repente uma freada,uma guinada e a palavra se torna pesada.Nada grave aconteceu,segue a trajetória.Cada ''passeio'' desses é uma história.
Desvia,cuida,para,grita,buzina,retruca.
Preciso dizer?O que está acontecendo com os nossos motoristas,que estão ficando tão cansados?
Qual a graça de andar trancado?Qual a graça de só conversar com o rádio?Qual a graça de ver as paisagens borradas?Passando rápido demais para serem observadas.
Faz falta o contato com o meio,sentir por onde se anda,onde se está,sentir que és parte disso,da natureza,do ar,da chuva,do vento.Sentir a energia que vai te renovar.Sentir que és uma possibilidade,dentro de 7 bilhões de possibilidades que podem dar ou não certo.Isso é sentir-se livre,sentindo-se parte do todo,tanto aqui como em qualquer lugar,fazemos parte da Terra e Ela faz parte de nós.

* Observando os pilotos dos carros que por mim passavam,durante o caminho pedalado de ida para as Dunas.
-> Gerado nas Dunas.

Matheus Valente Gonçalves  08/09/2014

sábado, 6 de setembro de 2014

Equilíbrio...



Uma das poucas coisas que o bicho homem faz que é individualmente sua, é desorganizar toda a vida na forma de um sistema que chama de ''organizado''.
O homossexualismo, o preconceito, a tristeza, a felicidade, a bondade, a maldade, a confiança, a traição...
Tudo isso, e muito mais, está presente na natureza primitiva, na vida animal. Mas, na natureza, todas estão em perfeito equilíbrio. Até surgir o homem, que, em pouco tempo, conseguiu desequilibrar tudo.
Desequilibrando a natureza, automaticamente desequilibrou sua própria vida,por isso vivemos da forma que vivemos.
Antes de julgar, xingar e achar que a vida é assim mesmo, pensem bem, olhem para trás e vejam que dá para viver em equilíbrio, pois se esses defeitos vêm de uma natureza perfeita, para ela ser perfeita mesmo com defeitos é por que há algo maior, o equilíbrio.
Equilibrando qualidades e defeitos, bem e o mal, para que haja a perfeição.
Se trouxermos esse equilíbrio para dentro de nós, para dentro das nossas vidas, no nosso dia-a-dia, tornaremos nossa vida melhor, nos tornaremos melhores e tudo ao nosso redor emanará luz, paz, positividade e amor.
Equilibrem suas mentes, seus corpos, seus comportamentos, sonhos...
O equilíbrio é a chave para uma vida plena.

Matheus Valente Gonçalves 06/09/2014

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Que dia é amanhã?

A vida passa rápido é o que ouvimos dizer
Se passa rápido qual a melhor maneira de viver?
Vamos olhar a nossa volta para entender
A maneira universal que é o exemplo dado até pela tv

O dia de hoje já passou
A partir do momento em que o Sol raiou
Pois tudo será feito para o dia de amanhã

Vai para escola no dia de amanhã
Trabalha para o dia de amanhã
Se exercita para o amanhã
Junta dinheiro para o amanhã

Compram coisas para o dia de amanhã
Compram o carro do amanhã
Jogam suas expectativas no dia de amanhã
Suas mentes só pensam no amanhã

Os filhos são criados no dia de amanhã
Logo,amanhã,serão eles a ensinar
Para as próximas gerações a viverem no amanhã
Uma bela forma de ensinar como deixar a vida passar

No dia de amanhã tudo pode acontecer
Pode dar certo aquilo que pensamos fazer
Mas também nada pode se realizar
Até mesmo o próximo dia que já estávamos a planejar

O presente
Se faz ausente
Te fazendo um inconsequente
Que no dia de hoje só pensa futuramente

E o dia de hoje que já passou
Fará falta no dia de amanhã
Depois que se der conta que a velhice chegou
Vai querer voltar no tempo ao ver quanto tempo desperdiçou

Onde esse amanhã pode estar?
Que todo mundo está sempre a buscar
Mas como saber se vamos encontrar?
Se o amanhã não conseguimos adivinhar

E assim a vida se estende para o amanhã
Quem pensa assim é que tem a consciência sã
Pois quem pensa ao contrário
Por todos é tido como otário
Mas deixa todos se perguntando como suporta tudo isso
apenas em silêncio e com um sorriso hilário

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  02/09/2014

sábado, 30 de agosto de 2014

Gostar de ganhar dinheiro...

Tem que gostar de ganhar dinheiro
É bobagem essa tal vocação
Tens que ser médico,advogado ou engenheiro
Mesmo não sentindo isso no teu coração

Mesmo indo ao contrário da tua razão
Tem que encher o bolso mesmo que te traga solidão
Mesmo que não seja essa a tua aspiração
O importante é o dinheiro e não a diversão

Pra que fazer teatro?
Pra que fazer dança?
Pra que fazer artesanato?
Pra que fazer trança?

Se nada disso é o que bomba no mercado
Não precisa ser feliz,felicidade não deixará teu bolso pesado
Pois ser feliz é coisa de povo atrasado

Mas que sujeito bem equivocado
Um palestrante muito bem estudado
Mas para a vida foi pouco educado
Sua educação é para o sistema e é o que ele tem mostrado

Infeliz esse teu comentário
E deve ser muito bem repensado
Uso tuas palavras ao contrário
Pois esse teu pensamento é pra lá de errado

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  11:00  29/08/2014

terça-feira, 26 de agosto de 2014

O vento...

O vento se comunica através de silvos
Entre uivos e gemidos
O frio lhe deixa aflito
E ele libera sua fúria aos gritos

O vento estremesse a folhagem
Ao se mover pela paisagem
As nuvens ele vai varrendo
Quando passa pelo céu correndo

Nas folhas ele faz a percussão
Que quando tocadas pelo vento sincronizam uma vibração
Fazendo ecoar uma linda canção

Vento que caminha sobre o campo
Vento que se espreme e entra por qualquer canto
Vento que deixa as flores em pranto
Uma a uma elas vão despencando

Ah,mas o vento também estressa
Aquela moça que arrumou o cabelo à beça
E quando sai para passear
O vento inventa um novo penteado pra ela usar

Cabelos voando
Pessoas esbravejando
E o vento soberano
Passa e se vai gargalhando

O vento inventa
Pois o vento é escultor
Bate na montanha de forma violenta
E sua obra mostra tamanho esplendor

O vento é forte
E nós meros fracotes
Temos muita sorte
Que os ventos que nos atingem não são de grande porte

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  15:00  26/08/2014

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Sorrisos traiçoeiros...

Sorrisos traiçoeiros
Sorriem para mim em desespero
Sorrisos de hipocrisia
Vem e vão durante todo o meu dia

Esses são os mesmos sorrisos que queriam me eliminar
Sorrindo para me expulsar
Mas agora como sou mais um voto a contar
Os sorrisos sobre mim vem de tudo que é lugar

Mais uma vez o circo ta montado
O palhaço de bonzinho já foi maquiado
Ele e toda a corja de seus aliados

Ao contrário disso meu sorriso é leve
Pois meu sorriso não faz greve
Já os sorrisos traiçoeiros
Duvido que durmam em paz com os seus travesseiros

Não venham de ''ladaia''
Vou ficar mesmo que queiram que eu saia
Fico ao lado da verdade e longe da hipocrisia
Pois não preciso dela para alegrar o meu dia-a-dia

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  15:30  18/08/2014

sábado, 16 de agosto de 2014

Dicotomias...

Me acordo querendo dormir
Vou,querendo não ir
Entro,querendo sair
Então saio,querendo fugir

Ando,querendo correr
Corro,querendo andar
Subo,querendo descer
Saio,querendo ficar

Durmo,querendo acordar
Odeio,querendo amar
Estou,querendo não estar

Digo a verdade,mesmo querendo mentir
Apareço,querendo sumir
Caio,querendo levantar
Me molho,querendo me secar

Erro,querendo acertar
Aprendo,querendo ensinar
Abraço,querendo apertar
Volto,querendo largar

Meu amor é grande e não se desfaz
E sigo lutando pela paz
E nessas dicotomias
Vou vivendo minhas utopias

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 10:40  16/08/2014

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Não desista de sonhar...

Não deixe a sua luz se apagar
Não impeça ela de brilhar
Mire a sua estrela e vais alcançar
Tudo aquilo que desejar

Não desista de sonhar
Mesmo que várias pessoas tentem te desmotivar
Corpo e mente focadas,sem deixar se abalar
E os sonhos começarão a se realizar

A luz interior que sai pelos poros
A energia que da para ver nos olhos
A força que tem no coração
Passa para todos a sua vibração

Aos que carregam escuridão
A sua luz tocará alguns no coração
Que de braços abertos a receberão
Mas outros deixarão ela passar em vão

Os que querem te sugar
Deles deves te afastar
E te conectar
Com quem tem essa energia boa para compartilhar

Tem que enxergar
Tem que sentir
Para a vida prosperar
Para a vida prosseguir

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 17:25  12/08/2014

Rabiscos...

Escrevo aqui
Algo que sinto ou que já senti
Sobre algo que vi
Nessa vida que vivo e que já vivi

Escrevo,apago,risco
Rasgo,traço,rabisco
Palavra por palavra eu arrisco
E a folha com a caneta eu trisco

A cada risco,um paraíso
A cada paraíso,sua energia eu canalizo
Fazendo isso me energizo
E a caneta sobre o papel eu desliso

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  09/08/2014

terça-feira, 5 de agosto de 2014

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

O olhar...

O olhar
Pode entregar
Pode disfarçar
Pode ameaçar

O olhar
De quem está a pensar
De quem está a amar
De quem quer resolver
De quem está a temer

O olhar
Quando começa a piscar
Sem conseguir parar
É o nervosismo começando a entrar

O olhar
Ao encontrar
Em outros olhos o seu lugar
Diz para nós,ei,é por ai que a coisa vai rolar

Os olhos e sua linguagem particular
E quem essa linguagem sabe decifrar
Pode até mentir,dizendo que sabe adivinhar
Mas a verdade é que escutam o que os olhos tem pra falar

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 20:30  04/08/2014

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

A Terra e o Universo...

Filho do Sol e da Lua
Irmão das estrelas
Nascido na Terra
Mas familiarizado com os outros planetas

Os astros são parentes
As galaxias são minha residência
Os buracos negros são amigos
O cosmos infinito é meu,é teu é nosso

O espaço é distante
E tão próximo
Somos daqui
Mas não esquecendo que somos de lá

As coisas que acontecem aqui
Dadas as proporções também acontecem lá
E foi lá que aconteceram primeiro
Com bem mais exagero

Somos pequenos,muito pequenos
Mas temos esse tom de grandeza
Nos achamos superiores a tudo e todos
Mas no universo não passamos de uma partícula de poeira

É difícil de imaginar mas vale tentar
Não somos só daqui,somos também de lá
Se ficarmos preso apenas por o que nos dizem aqui
Jamais saberemos o que é ser grande de verdade

Ser grande é compreender que somos pequenos
Entender que a Terra é nossa mãe
E que o espaço é nossa casa
É o que nos formou mas quem nos criou foi a Mãe Terra

Somos da Terra
Somos do Espaço Sideral
Então não façamos mais guerra
Vamos apenas sentir toda essa energia celestial

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  17:20  01/08/2014

As vezes não conseguimos agradar a todos...

Jamais devemos tentar agradar
Isso só vai piorar
Mostrando que a personalidade se foi pelo ar
E quem está ali só quer bajular

Não se preocupem em agradar alguém
Preocupem-se em agradar a si
Fazendo agrados para o corpo e para e alma também
Com isso as pessoas erradas vão chorar,mas as certas vão sorrir

Quem agrada a si fica energizado
E deixa quem quiser por essa energia ser contaminado
E quem se contamina é atraído para o seu lado
E quem não a sente é desintoxicado e fica afastado

Quem agrada a si acaba por atrair
Quem tenta agradar
Ele mesmo consegue se excluir
E o meio em que vive vai o anular

Somos o que somos,não podemos negar
Somos a energia que deixamos no ar
Somos as vibrações que temos para passar
E isso é o que vai dizer se conseguiremos ou não agradar

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 16:29 01/08/2014

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Poetas...

Vejo poetas todos os dias
Poetas frentistas
Poetizando a gasolina
Poetas taxitas
Poetizando a cada corrida

Vejo poetas pedreiros
Vejo poetas marceneiros
Vejo poetas motoristas
Vejo poetas malabaristas

Todos somos poetas,apenas sem tempo para observar
Poetas cegos pois mal conseguem enxergar
A felicidade bem próxima de se alcançar
Por deixar a poesia ir,para fazer o sistema funcionar

Somos poetas e poetisas por natureza
Basta parar e apreciar sua beleza
Que é de demasiada riqueza
A única que é nossa de verdade com certeza

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 14:44 29/07/2014

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Outra dimensão...

O tempo não passa
Mesmo com o olhar pra lá da vidraça
Não importa o que eu faça
Bem devagar o tempo se arrasta

A cabeça ao contrário do tempo
Inquieta com tantos pensamentos
Com tanta coisa para desvendar
Até se esquece que o tempo passa devagar

O pensamento longe
Que mira um horizonte
Mesmo cercado por ruídos
O trabalho mental é tão intenso que eles não são ouvidos

O Sol forte a iluminar
O corpo a esquentar
Aquecendo a mente,fazendo ela trabalhar
Paz e tranquilidade tomam conta do pensar

Estar e ao mesmo tempo não estar
A mente vai longe viajar
O modo automático começa a funcionar
Respondendo qualquer um que algo questionar

A mente se encontra em outra dimensão
Procurando achar para os problemas uma solução
Os problemas vem em um tom de confissão
E um a um eles se resolverão

Enquanto isso está a acontecer
Já fui,já voltei sem ninguém perceber
Continuo a escrever
E o ponteiro do relógio ainda custa a se mexer

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  11:40  25/07/2014

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Impossível?

A neblina diante dos meus olhos não me deixa enxergar
Qual o próximo passo que vou dar
O que tem sob meus pés eu nunca sei
Nem quem fui,quem sou e quem serei

Caminhando na contramão
Não me adapto a esse sistema de opressão
Tampouco tenho vontade de seguir
Enquanto esse sistema imundo continuar com as nossas vidas a destruir

Se quero alguma coisa dessa Terra
É viver livre,sem ambição,sem guerra
Não me importando com meu tempo de vida
Só espero que um dia minha mensagem seja lida

Seja entendida
Seja espalhada
Triste ficarei se ela for perdida
Se ela for enterrada

Não procuro o sucesso
Meu sucesso é meu próprio progresso
Nos meus pensamentos de oposição
Que comigo vivem e comigo morrerão

Escrevo a minha percepção
Que vem da alma,da mente e do coração
Fico triste quando vejo as mentes em desenfreada escravidão
Que morrendo vão de tanta exploração

Me sinto como uma esponja a absorver
Os bens e os males do nosso viver
Tanto aqui como acolá,tudo me acerta
Tudo me machuca,tudo me desperta

Luto pela verdade
Luto pela fraternidade
Luto pela compreensão
Que nessa vida somos todos irmãos

As vezes sinto que luto sozinho
Mesmo sem ver a luz sobre meu caminho
Até o fim continuarei a lutar
Com minhas palavras e atitudes tentando mudar

Impossível conseguir?
Nada é impossível quando a verdade é visível
Onde ela existir
Tudo é possível

Se conseguiremos ou não,não importa
O que importa é tentar
Mostrando a nossa revolta
Lutar e lutar e jamais se entregar

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  18:00 24/07/2014

Sintonia...

Em sintonia
Mente e a alma em harmonia
Trabalhando juntas trazendo a alegria
Sintonizadas com a frequência cardíaca

Tudo em uma forte ligação
Gerando uma energia radiante
Que quando encontra a mesma frequência noutro coração
Rapidamente é passada adiante

E as coisas começam a acontecer
Não pensem que é obra do acaso
Quando alguém pensar e outro alguém responder

Não se deixem enganar
Nós somos muito mais poderosos do que podemos imaginar
As energias estão ai para nos mostrar
Basta deixá-las sintonizar

A mente aberta,a alma leve e o coração valente
A percepção aguçada,a cabeça antenada,a felicidade frequente
Os olhos famintos,os ouvidos atentos e a boca fechada
Só sendo aberta ao ser requisitada

O conhecimento que vem com o vento
Observável a qualquer momento
Presente em qualquer acontecimento

Quando estamos abertos ao conhecimento
O mundo começa a parecer pequeno
E o tempo parece se tornar imenso

A sintonia existe e está ai para ser sentida
Preste atenção,sintonize sua vida
Não deixando nada passar em vão
Há sempre algo bom para guardar no coração


MATHEUS VALENTE GONÇALVES  14:10  24/07/2014

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Onde fica o paraíso?

Onde fica o paraíso?
É passando pelo sorriso
Ouvi dizer que fica pra lá de logo ali
Perto,bem aqui

Dentro do peito meio escondido pelo pulmão
No bater suave do coração
É ai que fica a luz
Uma energia elevada que nos conduz

O paraíso está dentro da gente
Fica no coração e também na mente
Cada um faz o seu paraíso interior
Algo que sem querer lhe desperta o amor

O paraíso de cada um,pode estar
Para alguns no contato com a natureza
E sentir a energia de toda sua beleza
Para outros o paraíso é o capital
Correndo todos os dias atrás de um paraíso artificial

O nosso paraíso é um lugar ancestral
Um lugar de beleza primitiva
Onde a força é universal
Que na chegada a sua energia já pode ser sentida

Um lugar de paz e tranquilidade
Onde sentimos que somos parte
De toda essa obra de arte

Arte de moldura natural
Uma moldura celestial
Com uma pintura cuidadosamente elaborada
Que por todos os cantos foi espalhada

Esse é o paraíso real
O meu paraíso ideal
Há milhões deles esperando pra brilhar
Observando bem da para enxergar

É lá que sentimos que tudo vai dar certo
Mesmo tão difícil quanto atravessar um deserto
O peito se enche de coragem
E mais leve fica o peso da bagagem

MATHEUS  VALENTE GONÇALVES  20:06  21/07/2014

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Na mesa de um bar...

Certo dia encontrei um bar
Um bar diferente com garrafas de varias cores
Foi o que me chamou a atenção e então resolvi entrar
E comecei a provar todos aqueles sabores

O nome e a frase de efeito do estabelecimento
''Bar da poesia
Aqui encontrarás a solução pro teu tormento''
Então entrei e nunca mais sai dessa boemia

Suas garrafas variavam de paixão
Tristeza,carinho,amor,paz,revolução
Natureza,problemas,solução
Palavras soltas,parágrafos completos,oração

Sentei-me a beira do balcão
Com um copo e uma caneta na mão
Tomei algumas garrafas em poucos goles
Outras mal tomei,apenas biquei

Tornei-me um ébrio e agora vivo embriagado
Ando por ai,para todos os lados
E só penso em tomar mais uma garrafa naquele bar
Vivo bebendo e esse vício não vou largar

Pois a bebida que bebo tira minha agonia
Faz eu viver melhor o meu dia
Ela é forte e rapidamente vicia
Minha bebida predileta se chama poesia

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  18:10  16/07/2014

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Classe social?

Classe A = Acéfalos
Classe B = Bastardos
Classe C = Coitados
Classe D = Desesperados

Acéfalos = Querem sempre mais
Bastardos = Se espelham nos Acéfalos e tentam ser iguais
Coitados = Sonham em subir,poucos vão conseguir o resto continuará a se iludir
Desesperados = Vivem à parte,num canto jogados e pelas classes A,B e C são explorados

Pra quê classe social?
Se cada classe é mais desigual
E isso não passa de algo artificial

Classe social?
Só serve para disseminar o preconceito
Pois os que empinam o nariz e estufam o peito
Não toleram nenhum simples sujeito

Classe dominante
Classe dominada
Classe errante
E classe explorada

Mas há uma classe fundamental
Que é esquecida,mas é explorada e não é reconhecida
É a classe Natural
Onde a medida do bem e do mal
É parelha,mas nunca desigual

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 10:37  07/07/2014

terça-feira, 1 de julho de 2014

Espalhando o amor...

Espalhe pelo mundo o amor
E verás que o universo vai conspirar a teu favor
Espalhe sorrisos em cada lugar que passar
Seja educado com quem dialogar
Não custa nada tentar

''Fazer o bem sem olhar a quem'' já virou tão banal
Essa frase é dita da boca pra fora como se fosse normal
Falam isso mas na hora de fazer
Rapidamente vão esquecer

O maior egoismo é pensar que o amor é algo restrito
Apenas aos nossos laços afetivos
O amor é o sentimento mais bonito e é muito maior
Espalhe ele e a sua vida se tornará melhor

Também é de nossa natureza odiar
Mas o ódio rapidamente irá passar
E o que será que vai ficar?
Energia negativa no ar

Se odiamos mais que amamos há algo errado
Mas dentro de nós está guardado
O amor,pronto para ser doado
Sem medo ele deve ser desenterrado

Se temos preconceito
Jamais amaremos direito
Temos que saber distinguir
Se é o certo ou o errado que vai nos conduzir

Então não há o que temer
Basta deixar o amor crescer
E aos quatro cantos do mundo o disseminar
Se todos fizerem isso ele vai pairar pelo ar
E no coração de toda humanidade vai se alojar


MATHEUS VALENTE GONÇALVES 17:32 01/07/2014

domingo, 29 de junho de 2014

Proibir?

Tudo é proibido
E isso já é mais que sabido
Dia após dia sob imposição
Mas para isso existe uma solução
Evolução

Evoluir o espirito
Evoluir a mente
Evoluir o coração

Proibido é proibir
O jeito é instruir
Educar para a vida
Pois se educar para o mundo,essa alma será perdida

Ao entender o que se passa com a vida
Aprenderão a achar a saída
E ao enfrentar o mundo
Vão com tudo,afundo

Sem esquecer seus verdadeiros valores
Sem passar por cima das pessoas
Enfrentarão seus temores
E levarão a vida numa boa

Por que proibir?
Qual o motivo para o fazer?
Proibindo,muitas coisas podemos destruir
Se em vez disso podemos ensinar e aprender

Antes de proibir,é preciso ouvir
É preciso pensar,é preciso sentir
É preciso deixar a vida prosseguir
Sem tanto interferir,apenas INSTRUIR


MATHEUS VALENTE GONÇALVES 14:30 29/06/2014

sábado, 28 de junho de 2014

Luz...

















Essa tua luz continua a me iluminar
Esse teu sorriso ainda está estampado no meu rosto
O teu amor ainda está a me guiar
Nada disso se foi naquele mês de agosto

Aqui dentro vives a brilhar
A tua energia emana no ar
O teu amor me faz vibrar

E quando bate a saudade
Te escrevo e escrevo com vontade
Como se fosse te entregar em mãos
Te entrego,mas te entrego com o coração

A tua luz
A tua vibração
É o que me conduz
E me afasta da escuridão

A saudade bate na minha porta
Mas a dor não mais
A lembrança é o que conforta
E me deixa em paz

Ninguém é santo
Mas pessoas iluminadas nesse mundo causam espanto
Pois já nos acostumamos
Com as mesmas tristezas aumentado todos os anos

E mais uma vez aqui estou
Recordando,matando a saudade
Daquela mulher que um dia por aqui andou
E por onde passou,espalhou sua bondade


MATHEUS VALENTE GONÇALVES  02:33 28/06/2014

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Algo diferente...

O amor é algo diferente
De tudo que a gente sente
O olhar fica perdido
Mas a cabeça tem um objetivo

O alvo está mirado
O gatilho prestes a ser puxado
E quando é disparado
Por um triz é desviado

Tentei acertar no coração
Com uma arma chamada paixão
Errei,mas não errei em vão
Vou errando até acertar com precisão

Teus lábios carnudos
Teu corpo desnudo
Teu olhar ardente
Tudo isso mexe com a minha mente

Tua voz me dizendo suavemente
Que me quer presente
Na tua vida daqui pra frente

No teu sorriso
Encontro o meu paraíso
Entre os teus braços
Naqueles abraços apertados
Nos teus traços
Suavemente desenhados

Alegria e dor
Céu e inferno
Num só termo
Chamado amor


MATHEUS VALENTE GONÇALVES 23:30 25/06/2014

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Tarde...

Tarde chuvosa
De muita prosa
Tarde para fazer a mente expandir
Tarde para os conhecimentos evoluir

Tarde na bibliotheca pública
Tarde da leitura
Tarde da arquitetura
Tarde das esculturas

Tarde de antigos casarões
Dentro das senzalas
Nos seus porões

Tarde de conhecimento
Das caminhadas molhadas
Tudo rendeu algum ensinamento
Nessa tarde de observações pelo centro

Tarde da cultura
Incrustada nas telas e nas molduras
Uma tarde chuvosa nem sempre é ruim
Pois essa tarde rendeu,pra ti e pra mim

Ao meu grande amigo,irmão,Diones Silva

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  18:00 25/06/2014

terça-feira, 24 de junho de 2014

Contra ou a favor?

Por que somos contra?
Por que somos a favor?
Uns são meros faz de conta
Outros seguem um mentor

Algumas pessoas não param para pensar
O porquê dessa forma de se posicionar
Então sem analisar se largam a falar

Que são contra isso
Que são contra aquilo
Então basta alguém questionar
E essa pessoa já não saberá o que falar

São contra sem nem saber o porquê
São contra porque foi o que disseram na tv
São contra porque isso não é de sua convivência
São contra e não se preocupam com a verdadeira essência

Se alguém disse que algo é errado
Essas ''mentes brilhantes'' já terão censurado
E por todos os cantos isso será disseminado
Antes mesmo de terem pensado

No porquê de ser taxado
Rotulado
E vendido
Por esse sistema bandido

Que manipula a informação
Que faz manobras com a população
Fazendo que sigam os caminhos da imposição
Desses que dizem que querem o bem da nação

Temos que parar e analisar
Tudo que a mídia nos passar
Há sempre algo por trás
Mas no título dizem que é pela paz

Geralmente quem é contra certas situações
Nem sequer convive no meio ou sabe o que se passa
Ouviram desses formadores de opiniões
Que esse tipo de coisa,não é coisa que se faça

Quem é contra o protesto,nunca protestou
Quem é contra a favela,nela nunca entrou
Quem é contra a bebida,sequer um gole já tomou
Quem é contra a maconha,nunca a fumou
Quem julga o outro,nunca se julgou

Sou contra,quem é contra sem pensar
Sou contra,quem é contra sem analisar
Sou contra quem sai por ai a falar
Sem sequer o assunto em questão estudar


MATHEUS VALENTE GONÇALVES 21:20 24/06/2014

Minha crença...

Meu deus é o Sol
Minha santa é a Lua 
Meus anjos são as Estrelas
E minha religião é a Natureza

Matheus Valente Gonçalves 23/06/2014

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Interferência...

Cada pessoa tem uma vida individual
Mas transitamos pelas vidas das outras pessoas
Por bem ou por mal

Nos relacionamos diretamente
Interferindo frequentemente
Na vida de cada amigo,conhecido ou parente
Mesmo nos tornando inconvenientes

Algumas pessoas tem dificuldades para conversar
Pois pensam que transmitindo seus problemas
Eles vão terminar
E assim vivem todos os dias o mesmo dilema

Tem aqueles que só vem pra sugar
Toda energia do lugar
Por não conseguirem fazer sua própria luz brilhar
Tentam com a luz dos outros se iluminar

Outras carregam tanta negatividade
Que passar ela adiante não é novidade
Cada conversa é uma tempestade
E para nós um choque de realidade

Isso tudo nos afeta,pois interagir
É deixar a energia fluir
Uma vai outra volta
Vai positiva e a que retorna,morta

É quando a mente se da conta
Não é que pegue essas pessoas de ponta
Mas apenas se afastar é o melhor caminho
Mal acompanhado?Melhor é ficar sozinho

Procuramos quem interfira nessa vida
De maneira simples,verdadeira e positiva
As pessoas que fazem nossa mente vibrar
Com essa intensa troca,fazendo o corpo se energizar

Transmitem o bem
Não importando a quem
Não inventando nada além
Para prejudicar alguém

A bondade é vista no olhar
A sinceridade nos atos que vai executar
A firmeza é passada pelo tom da voz
Essas pessoas são como um rio que encontra sua foz

São o que são
E quando abrem o coração
O rio encontra no mar a imensidão
E assim vão conseguindo entender cada situação


MATHEUS VALENTE GONÇALVES 01:15  23/06/2014

domingo, 15 de junho de 2014

Medo...

E quando paro para pensar
Se certo é o meu caminhar
Já não sei mais o que achar
Se a minha trilha vou acertar

Penso e repenso
Uso a realidade e o bom senso
Mas não chego a nenhuma conclusão
Pois vejo no futuro,mera ilusão

A vida passa,não volta mais
O futuro que me espera é sombrio
Não enxergo a água aqui do meu cais
Só vejo um palmo a frente e nada mais

Turbilhão de pensamentos
Um milhão de tormentos
Medos e aversões
Verdades e ilusões

O certo e o incerto
São linhas perpendiculares
Há muito ainda para ser descoberto
Sobre esses tempestuosos mares

A luz e a escuridão
Todos os dias em transição
A passagem está aberta
Logo a mesma fica coberta

O passado vem à tona para me ferir
O futuro que vem pra me iludir
O presente logo passa
Independente do que eu faça

Tenho medo
Medo de tropeçar
Medo de cair e não levantar
Medo de deixar minha vida passar
Medo de ficar
Medo de sair
Medo de voltar
Medo de fugir
Medo de me acorrentar
Medo de sorrir
Medo de chorar
Medo de amar demais
Medo de não encontrar minha paz

Medo,medo,medo
Que chega todos os dias bem cedo
E até o fim do dia fica em segredo
Escondido aqui no peito
Pois é preciso demonstrar força pra ninguém tirar proveito

Agora conto
Pois já não escondo
A vida que levo
Conforme o peso que carrego


MATHEUS VALENTE GONÇALVES 13:15  15/06/2014

terça-feira, 10 de junho de 2014

Onde está a poesia?

Onde está a poesia?
Onde será que ela foi parar?
Onde ela se esconde no dia-a-dia?
Será que é difícil de encontrar?

A poesia está em todo o lugar
Qualquer lugar que se possa imaginar
Basta prestar um pouco de atenção
Ao abrir a mente e o coração

A poesia se encontra
Num simples entardecer
Em sorrir para aquilo que te amedronta
Em ver a Lua nascer

Tudo é poesia
A flor que se abre pra abelha polinizar
Tudo aquilo que se passou em um dia
Mas atarefados demais,mal conseguimos observar

A rosa que se abre
O vento que varre
O rio que escorre
A terra que absorve

O mar que canta
A mesma batida que encanta
A semente que virou planta
O Sol que bate na pedra que se abrilhanta

As folhas secas ao chão
De alimento servirão
Aos minúsculos habitantes que ali estão
Esperando a próxima refeição

A chuva que cai do céu
A abelha fazendo o mel
O vento que uiva na madrugada
Acordando a bicharada

Há muita poesia pra ser observada
Há muita poesia pra ser poetizada
Há muita poesia pra ser sentida
Nesse nosso curto tempo de vida


MATHEUS VALENTE GONÇALVES  17:50  10/06/2014

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Egoísmo cultural...

As vezes a gente ri,para não chorar
Rindo entrei na igreja para me confessar
Chorando sai da mesma a pensar

Todos acham linda a catedral
Todos dizem que lá,há uma paz natural
Mas na casa do senhor
Se não seguires suas regras serás um pecador

Entrei lá e não senti a paz natural
Entrei lá e me senti tão mal
Por ver em cada detalhe lá desenhado
Um número enorme de almas que haviam despencado

Quanta gente perdeu a vida
Para que aquela gigante fosse construída
Em homenagem ao nosso senhor
Será que ele gostaria de ver tanta dor?

O homem e seu egoísmo cultural
Pensando que quem fez toda essa beleza natural
Foi um homem,nossa que banal
Pois somos pequenos demais nesse universo colossal

Religião é apenas mais uma forma
De dominar tudo o que a contorna
Basta perder o medo e observar
Como pode um humano tudo isso criar

Se alguém temos que louvar
Esse alguém é o Sol que está sempre a iluminar
Sem pedir nada em troca,nem mesmo um olhar
Sem nunca nos doutrinar

Pra ficar de bem com ele basta colocar
Óculos escuros e protetor solar
E então admirar e sentir ele aquecer
Fazendo a alma purificar e a mente fortalecer

Não tenham medo de ''pecar''
Pois pecar mesmo é a natureza sujar
O meio ambiente poluir
Pois isso é o que fará a nossa vida se extinguir

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 17:30  09/06/2014

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Lembranças do amor...

O para sempre só dura até o amanhã
As promessas se apagam
As palavras se perdem
O amor se vai

Mas as lembranças permanecem
Os sorrisos
As lágrimas
Aquela música
As carícias
As implicâncias
Os perfumes

Tudo isso e muito mais
Faz o coração apertar
Faz a cabeça tentar
No tempo voltar
Só para observar
Como a felicidade estava no ar

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  19:00 05/06/2014

quarta-feira, 4 de junho de 2014

O que é amor?

Um dia me pediram para definir
Qual a sensação
De sentir
Bem de perto a paixão

É muito complexo para explicar
Mas é tão fácil notar
Basta um brilho no olhar
E um suspiro ao falar

A sensação de bem estar
Traz a paz  para o coração
Que ao se apaixonar
Libera altas doses de emoção

Amar é,quando nela pensar
Sentir sua pele arrepiar
A alma tremular
E o coração se acalmar

As mãos vão suar
As pernas vão tremer
E quando ela te olhar
Dos pés a cabeça o corpo vai estremecer

E então tudo vai se acalmar
A vibração começa a sintonizar
E na hora de beijar
Nesse momento,o tempo vai parar

Em poucos segundos já foi eternizado
No peito enraizado
E mesmo se tornando passado
Esse momento sempre será lembrado

O amor é mais ou menos desse jeito
Faz o ar parecer rarefeito
O tempo,o lugar,tudo fica perfeito
E quando se está apaixonado,feliz da vida fica o sujeito

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  17:00  04/06/2014
Quando o homem sabe de onde veio
E para aonde vai
Perde toda preocupação com coisas banais

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  11:20  04/06/2014

Manhã misteriosa...

Fui ver o Sol nascer
Mas tímido atrás da neblina ficou a se esconder
Deixando sombrio o amanhecer

Não vejo o Sol nessa manhã misteriosa
O barulho das ondas não deixam a manhã silenciosa
Uma música natural
Regida pelo nosso Maestro espacial

Já era para ser dia
Mas a neblina cinza e fria
Não quer deixar o Sol aparecer
Para nós que aqui esperamos ele nos aquecer

Para contemplar
O seu despertar
Além da lagoa,pra lá do mar
Dando a noite um fim e fazendo o dia raiar

E essa manhã sombria
Traz pelo ar uma magia
Da névoa dando aquele tom
Misturando cinza,branco e marrom

Sobre a água da lagoa
É o Sol por trás da garoa
Tentando iluminar
Toda a vida,que fica a esperar

O Sol sair para respirar
O Sol sair para se multiplicar
O Sol aparecer no horizonte
De trás da lagoa ou de um monte

Manhã misteriosa peço que deixe
Pode ser apenas um feixe
Da luz Solar passar
Para bater em meu peito e me energizar


MATHEUS VALENTE GONÇALVES  08:00 04/06/2014

Poema Elemental...

Os animais
As bactérias,os fungos e os vegetais
Vejo cada ser como um verso
Que compõe um lindo poema que chamamos de universo

Versos de amor
Outros versos que trazem ensinamento
Versos de terror
Outros versos de momento

São milhões de versos por aí
Esse é o maior poema que já li
Na verdade recém comecei a ler
E talvez nunca termine antes de morrer

É poesia pura no ar
Que inspira o poeta só de olhar
Tudo nesse mundo veio pra rimar
Pois aqui cada coisa tem o seu lugar

Nas estrofes da vida
Onde a evolução é escrita
Em versos rimados
Do inicio ao fim alinhados

É o poema elemental
Soberano a qualquer poema antigo ou atual
Dando ao homem inspiração
Sentida na alma e expressada pelo coração


MATHEUS VALENTE GONÇALVES 01:30 04/06/2014

terça-feira, 3 de junho de 2014

Reclamação...

Pra que reclamar da vida?
Se ainda tem muita coisa para ser vivida
Vivendo dessa maneira negativa
Aos poucos vão morrendo as expectativas

Pra que reclamar?
Como se fosse adiantar
Jogar toda a culpa na vida
E ainda assim procurar uma saída

Não diga seus problemas para a vida
Diga aos problemas o quanto a vida é sua amiga
E deixe que ela acomode tudo no lugar
Tudo no seu tempo,então não precisa esbravejar

Tem que ter paciência
Para saber esperar
Firmar com resistência
Que o momento certo vai chegar

Se o tempo passa rápido para aproveitar
É porque metade do tempo tu ficas a reclamar
Em vez de parar pra pensar
Qual a melhor forma do seu tempo usar

Antes de choramingar
Pensa naqueles que não tem sequer uma coberta
Para se tapar
E de manha cheio de fome,desperta

Reclamar,xingar,esbravejar
Todos os dias na vida a culpa jogar
Como pode melhorar?
Se com os problemas não queres lidar

Jogá-los ao léu
Não tornarão mais azul o teu céu
Isso só vai adiar a solução
Que se encontra no pensamento e não em reclamação


MATHEUS VALENTE GONÇALVES  09:40  03/06/2014

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Fogo...

Uma beleza que não pode ser tocada
Com cuidado deve ser apreciada
Deve ser sentida
Pois até a alma se sente aquecida

Basta uma fagulha para o espetáculo começar
E vai longe,enquanto houver lenha pra queimar
É uma beleza ancestral
Que reduz o frio e aumenta o astral

A noite ele vai iluminar
Com suas chamas a dançar
É uma dança constante e envolvente
Linda,mas ardente

Uma força natural
Com um jeito brutal
Para a vida é fundamental
Que força magnifica e sensacional

No homem está gravado
No jeito está estampado
Se reunir ao redor do mato queimado
Pois há milhares de anos,já faziam os antepassados

Há muita coisa envolvida
É coisa de outra vida
O fogo apreciar
E por um momento parar para pensar

O fogo aquece
O fogo fortalece
O fogo me faz pensar
O quão fria será a noite se ele apagar

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 2:00 02/06/2014

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Mais penso do que falo...

Já pensei em sumir
Esquecer de tudo e partir
E se um dia voltar
Será porque não encontrei o meu lugar

Cansado de procurar
Pois todos podem me encontrar
Quando precisam,são os primeiros a chegar
Os últimos a sair e vai saber quando vão retornar

Ainda assim sou questionado
Por quê ando tão calado
Ultimamente mais penso do que falo
Observo,escuto e me calo

Só digo o que tenho que dizer
Só faço que vim para fazer
Me afasto daquilo que sinto absorver
Toda a energia que me faz viver

Sigo assim o meu caminho
Acompanhado ou sozinho
E se um dia eu sumir
É bom pensar bem,antes de me seguir

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  19:40  26/05/2014

domingo, 25 de maio de 2014

Pintura...

Fazendo a despedida da tarde mais bela
O céu se torna a tela
As nuvens são a textura
E o Sol vai pintando suas cores com ternura

As cores vão indo
Acabou-se mais um dia lindo
Pouco a pouco a névoa vai pairando
É só mais uma noite começando

A beleza agora fica por conta da Lua
De banho tomado aparece toda nua
Sua beleza é tão crua
Que pinta de branco a noite escura

Começa a dança estrelar
Girando pelo céu sem parar
Movimentação galáctica
Sua energia é enigmática

São seus movimentos
Que mexem com nossos sentimentos
A energia transmitida
É tão forte que rapidamente pode ser sentida

Noite ou dia
Frio ou calor
Basta sentir essa energia
Seja aonde for

O caminho ela vai iluminar
A alma ela vai abraçar
Mesmo quem sozinho caminhar
Vai senti-la o acompanhar

Pura e verdadeira
Não há fronteira
Que barre essa sensação
De paz dentro do coração


MATHEUS VALENTE GONÇALVES  24/05/2014

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Quem não ama,USA...

Cabelos penteados
Ternos engomados
Sapatos lustrados
Lábios afiados

Hipocrisia disfarçada
Por uma arcada dentária
Mas o olhar denuncia
Toda a sua covardia

Estratégia pensada
Para logo ser praticada
O golpe esquematizado
Para o governo ser tomado

Interesses abafados
Pela população não podem ser notados
O tabuleiro está armado
E com as peças certas,o jogo está sendo jogado

Um por um sendo anulado
Todo o globo foi tomado
Silenciosamente o chão é roubado
As raízes ancestrais eles vão arrancar
Para que os tentáculos tomem o seu lugar

Cortando as raízes,abraçam os tentáculos
Que estão escondidos por todos os lados
Sugando e espremendo as nações
Do mundo,são eles os ladrões

Terroristas de terno e gravata
São chamados de diplomatas
Usando a mídia para espalhar
Que terrorista de verdade é quem quer revolucionar

E nós somos meros imbecis
Que aceitamos a imposição
E não pegamos em fuzis
Para que comece a revolução

''Quem não ama,USA
E quem USA,abUSA''

''Hasta la victoria,siempre''!!!!
*Che Guevara

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  16:20  19/05/2014

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Me perco tentando me encontrar...

As vezes não sei o que faço
Em mil pedaços me desfaço
Em pouco tempo me refaço
E sigo a passo

Me perco tentando me encontrar
Então me encontro,apenas em um olhar
Muito me questiono sobre a vida
E qual a melhor forma para ser vivida

Me encontro,em um lugar
Onde as energias a vibrar
Me trazem amor e paz e me deixam mais forte
Eu sinto ali que achei meu norte

Me perco em um mundo
Distante e profundo
Onde parar para pensar é lei
Onde o meu pensamento é rei

Caminhando pra lá e pra cá
Guiado pelas estrelas e por Jah
Faço da Lua o meu farol
E me sinto um filho do Sol

Sei que isso aqui é uma viagem
A vida é só uma passagem
Enquanto não embarco,deixo minha mensagem
Pois é o que levarei na bagagem


MATHEUS VALENTE GONÇALVES  10:10  09/05/2014

Percepção...

Percepção
Várias formas para avaliar uma situação
 Algumas vezes usamos a razão
Outras tantas apenas o coração

Observando como os ancestrais
Analisando coisas taxadas como banais
O conhecimento sobre elas era tão limitado
Que quando nos damos conta ficamos até espantados

A percepção avançada
A mente aguçada
Situação após situação sendo desvendada
E assim continuamos a caminhada

Parando
Observando
Analisando
Estudando

Cada coisa tem sua função na Terra
E como é bom se dar conta que tudo se completa
Não tem porque estar em guerra
Com essa imensidão que nos cerca

Basta parar
Desacelerar
Meditar
E o caminho vai se iluminar

O conhecimento chega através do ar
Enquanto paramos para analisar
Ele vem chegando afim de se enraizar
Em pouco tempo ele já conseguiu nos dominar

E começa a querer mais e mais aprender
Fica com uma fome de querer entender
Uma sede de querer compreender
Nos dando assim mais vontade de viver

Afinal estamos aqui para aprender
Para fazer o nosso conhecimento crescer
Fazer o que é bom prevalecer
E de uma forma simples,sobreviver


MATHEUS VALENTE GONÇALVES  10:00 09/05/2014

domingo, 4 de maio de 2014

Caminhando para o fim...

Caminhando para o fim
Infelizmente é isso sim
Caminhando para o abismo
Estamos balançando sobre um istmo

Caminhando para a escuridão
Tudo sendo destruído sem razão
O mundo perdido,vai chegando ao fim
Já foi aceso o estopim

A humanidade conseguiu destruir
O que levou milhões de anos para evoluir
A humanidade conseguir acabar
Com o que servia para nos abrigar

Enfileirados vamos marchando
As trombetas vão tocando
Notas fúnebres vão ecoando
E os arrependidos agora vão chorando

Varridos da face da Terra
Acabou a guerra
Do homem contra a natureza
Nos ganhou,mesmo aparentando fraqueza

E aos poucos Ela vai se recuperar
Dos imundos que sobre Ela nunca mais vão pisar
O bem voltará a reinar
Onde em equilíbrio tudo vai estar

Matheus Valente 04/05/2014

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Vida artificial...

Vida artificial
Regida pela tv e pelo jornal
Onde fazem o seu intelectual
Se tornar algo banal

Vida artificial
Comentar a vida dos outros é que é legal
A vida girando em torno do bem material
Que de bem nada tem,só o mal

Vida artificial
Não importa o astral
Enfiam a cara no mundo digital
Deixando ser feita a lavagem cerebral

Vida artificial
Não dão valores para o seu ideal
Não querem saber sobre o espiritual
Achando que esse é o modo de vida essencial

Vida artificial
Não se torne mais um sem moral
Abra os olhos pro que é natural
O Sol nascendo que visual

Essa vida de hoje,cheia de mentiras
Vida de hipocrisia
Faça a sua terapia
Vá ver o raiar do dia

Nessa vida artificial
Todos os dias cara a cara com o chacal
Pronto para te levar
Te fazendo pagar por essa vida levar

É hora de pensar
Se esse é o modo certo de enxergar
O modo certo de agir
Antes que seja tarde demais para corrigir


MATHEUS VALENTE GONÇALVES  14:10  30/04/2014

terça-feira, 29 de abril de 2014

Poesia II ...

Me questiono se um dia
Essa tal poesia
Vai me deixar
E sozinho por ai me largar

Me questiono se ela é quem me faz
Ou fazendo ela é que fico em paz
Se só coisas boas ela me traz
Todo o mal dentro de mim se desfaz

Se um dia ela me deixar
Quando esse momento chegar
Vai ser porque acabou o amor
Pois é ele quem faz funcionar o meu motor

Quando o amor acabar
Acabou-se o homem
Quando a poesia expirar
Vai ser porque minha missão consegui completar

Enquanto ela está me fazendo companhia
Mesmo sem saber qual dimensão ela tem
Me encho de alegria
Em poder dividi-la com alguém

Poesia
Vai e volta
Me alivia
Me abraça e não me solta

Me aperta forte
Me segura para não cair
Me sinto um homem de sorte
Por ela em minha vida existir


MATHEUS VALENTE GONÇALVES  19:15  29/04/2014

Caminhada...

Em uma caminhada
Colocamos em ordem,a mente atrapalhada
Em uma caminhada
Vemos cada cena inusitada

Em uma caminhada
Sentimos a alma lavada
As pernas embora pesadas
A mente fica acelerada

Caminhando na mata
Olhando pro céu
Vejo pássaros no ninho,abelhas fazendo o mel

A alma aliviada
Flutua feito véu
Que com o vento se foi ao léu

Enquanto caminho
Sinto que não estou sozinho
Me conecto com tudo ao meu redor
Me sentindo cada vez melhor

Sigo caminhando
Enquanto vou observando
Procurando sempre enxergar
O lado bom de cada lugar

Do jeito que estava os lugares que cheguei
Deixar melhor eu sempre tentei
Quando nada posso fazer
Triste fica o meu ser

Caminhando daqui para lá
E de lá para cá
Já vi tanta coisa,umas belas outras nem tanto
Com algumas sorri,outras me causaram espanto

Sigo minha caminhada
Longínqua jornada
Aqui sobre a Terra
Onde o ciclo que começa sempre se encerra

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  29/04/2014

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Tempo...

Vou dando tempo
Ao tempo
Pra ver quanto tempo ele vai me dar
Enquanto o vento da vida soprar

Usando o meu tempo aqui
Vou procurando acrescentar
Pois passar em branco é como não existir
Vou existindo enquanto o relógio da vida tiquetaquear

O tempo vai passando rápido pra se acompanhar
E eu me adaptando,vou indo devagar
Vou passando por tudo o que tenho que passar
Enquanto minha vida continuo a trilhar

O meu tempo aqui é a vida quem vai ditar
Pra qual lado vou caminhar
As escolhas que tenho que tomar
O que errar e também acertar

Dou tempo
Ao tempo
Até a vida determinar
Qual a hora do meu tempo acabar

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  17:00  28/04/2014

Futebol...

Futebol é apenas mais um esporte
E quem se da conta disso tem sorte
Escapa da tristeza e da morte
Ganhando ou perdendo,se mantém sempre forte

Futebol é apenas mais um esporte
É tido com um norte
Endeusado e ninguém para pra pensar
Que é apenas um jogo pra se olhar

E tem gente se matando por futebol
E tem gente adoecendo por futebol
E tem gente que da tudo por futebol
Achando que ele é seu farol
Sem se dar conta que apenas mordeu o anzol

É o rico enchendo o bolso com a corrupção
Escondida atrás de cada timão
E o pobre torcedor continua passando fome
E o jogador nem sabe o seu nome

Futebol,pra uns é a cura da nação
Pra mim,só mais uma artimanha de enganar o cidadão
Viva o país do futebol,viva a corrupção
Que vai destruindo silenciosamente a população

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  13:10  28/04/2014

sábado, 26 de abril de 2014

Jarro de Pandora...

Há milhares de anos foi aberto o jarro de Pandora
Liberam-se todos os males que conhecemos agora
Uma forma diferente de enxergar
O buraco que desde lá começamos cavar

Dentro do jarro,haviam guerras,doenças,desentendimentos
E mais um monte de coisas ruins que conhecemos
E também a esperança,que ficou trancada
Quando a tampa voltou a ser colocada

Esperança?Mas esperança é do mal?
Todos pensamos que ela é maravilhosa,não?
Mas isso já é tão banal
Que não sabemos o mal que ela pode fazer pra população

Há ambiguidade por trás da esperança
Esperança nos faz acreditar
Acreditar nos faz criar expectativas querendo mudanças
E com isso vem a desilusão por nada se concretizar

Esperança,nos faz querer melhorar
Nos faz caminhar
Nos dá força para continuar
Todos os dias a batalhar

Esperança,nos faz chorar
Nos faz continuar a movimentar
Um sistema que parece que não vai mudar
Acreditando que um dia tudo vai melhorar

Esperança nos faz esperar
Que um dia tudo vai se realizar
Então acomodados vamos ficar
Até o sonho se materializar

Cuidado com a esperança
Se usada a nosso favor
Fazendo com que em nós haja mudança
Assim não nos trará tanta dor

Esperança em melhorar nossas atitudes
Esperança em criar coragem para gritar
Bem alto os nossos direitos e virtudes
E agir fazendo realmente a vida funcionar

Esperança
Nos faz voar
E quando não se alcança
Lá do alto vamos despencar
Ela é tão boa quanto má

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 21:50  26/04/2014

Êxodo rural...

Êxodo rural
Sair do campo
Para a capital
Pulando de trampo em trampo

Face a face com o mal
Largar tudo que se construiu
Para fazer tudo igual
Como aquele boi que um dia mugiu

Êxodo rural
Apoiado pela tv e pelo jornal
A cidade grande é o canal
Mas não avisaram sobre a desigualdade social

Êxodo rural
Troca-se o que é bom pelo mau
Compra-se a ideia de um futuro melhor
Sem se dar conta que está na pior

Êxodo rural
Sair do campo para ser escravo
Em uma multinacional
Da rosa caíram as pétalas,só restou o cravo

O sonho acabou
A mentira foi revelada
Sem terras o homem ficou
E sua vida marginalizada

Isso é o progresso
Isso é o sucesso
Maldita ambição
Que espreme até o fim a alma e o coração

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  20:!5  26/04/2014

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Cada um tem seu tempo...

Muitas vezes somos rápidos demais
E nos estressamos,por querer que todos sejam iguais
Mas nem todos são assim
Rápidos do inicio ao fim

Cada pessoa tem seu tempo
Uns raciocinam rápido,outros são mais lentos
O rápido demais logo se atrapalha
E o lento pensa tanto que pouco falha

Vamos tentar entender
Muitas vezes não temos que correr
Ou forçar a mente a acelerar
Se podemos dar pra ela o tempo certo para pensar

Não devemos confundir a lentidão
Com a ignorância da nação
Alguns são mais lentos por procurar a perfeição
Outros rápidos por pressão do sistema de criação

Rápido ou devagar
Igual chegaremos lá
Os rápidos muitas vezes os obstáculos irão atropelar
Os lentos deles irão desviar,por primeiro o caminho observar

MATHEUS VALENTE GONÇALVES    15/04/2014

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Dois contra um...

Por que ouvir menos?
E querer falar demais
Por que não ouvir mais?
E falar de menos

Falar quando for preciso
Falar algo construtivo
Em vez de lançar palavras ao léu
Que vão com o vento e se perdem no céu

Por que não ouvir?
Ouvir,procurando realmente sentir
Prestar bastante atenção
Na fala que vem de dentro do coração

Em vez de interromper
Tentar apenas compreender
Aquilo que estão a nos falar
Esperando algo bom,de quem está a escutar

Temos dois ouvidos
E quais são os motivos?
Temos apenas uma boca
Muitas vezes nervosa,louca

São dois contra um,covardia?
Quanto mais se ouve,mais coisas vamos absorver
Quem fala mais do que ouve,dos outros se distancia
Há também aqueles papos que devemos esquecer

Não precisamos encher a boca pra falar
Para a nossa sabedoria demonstrar
Não precisamos sequer gritar
Para que alguém venha nos escutar

Precisamos ouvir
Precisamos sentir
Precisamos falar
Quando a hora certa chegar

A charada é simples de matar
Ouvir mais do que falar
Ouvir,absorver,assimilar
E no final,argumentar

Os ouvidos servem para atrair
Ouvindo atraímos as pessoas para perto
Deixando a conversa fluir
Ao final,vamos falando aquilo que é certo

Por algum motivo nos foram dados
Dois ouvidos para que possamos ouvir
E para que não permaneçamos calados
Uma boca,para que o pensamento possa sair

Falar
Disseminar
Acrescentar
Orientar

Ouvir
Se permitir
Aprender
E o outro lado entender

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 21:50  03/04/2014

sexta-feira, 21 de março de 2014

Coisas de Rejanão...

Hoje entendi o porque da tua partida
Além de completar a tua missão
Fizesse de nossa família mais unida
São coisas de Rejanão

Sentimos a tua partida
Por isso nossa família ficou mais unida
Compartilhando do teu amor
Confortavelmente apaziguador

Loucura como só agora acordei
Nunca antes sequer imaginei
Foi como se a vida sacasse
O que aconteceria se daquele jeito tudo ficasse

Tirou a peça chave da jogada
Sem o elo fundamental
As pecinhas afastadas
Se fundiram feito metal

O amor tornou-se mais presente
A alegria é frequente
O que deixa em paz a mente
E qualquer problema ausente

Essa é a união que nos foi deixada
Por aquela que eternamente será amada
Nosso anjo da guarda
Que pelo bem de todos sempre batalhava

Pela vida,estava de passada
Espalhando amor por sua caminhada
Sua semente foi germinada
E dentro do nosso peito enraizada

E será passada
E será seguida
E será sempre carregada
Por toda nossa vida

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 01:03 21/03/2014

quarta-feira, 19 de março de 2014

Divino...

Perdão
Algo que é feito com o coração
Se esquece da razão
Deixando tomar conta a emoção

Dizem que perdão é coisa divina
Só Deus que pode perdoar
Mas o rancor faz do coração uma ruína
Perdoando,de Deus vamos nos aproximar

Então por que negar?
Por que deixar tudo como está?
Se podemos arrumar
Se podemos melhorar

Pra que guardar um sentimento ruim?
Pra que negar um olhar?
Se depois,lá no fim
Um dia vamos todos novamente se encontrar

Prefiro viver de bem
Não importa com quem
Viver feliz,sorrindo
Por onde passo,minha felicidade vou transmitindo

Então vamos deixar
O coração tomar conta da situação
A felicidade se espalhar
Trazendo pra vida mais diversão

Se o perdão é divino
Nos aproximaremos então do Altíssimo
Deixem de lado o rancor
Tragam pra suas vidas novamente a cor

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  17:30  19/03/2014

domingo, 16 de março de 2014

Problemas mundiais...

Corrupção
Destruição
Poluição
Discriminação

Sociedade
Sem identidade
Impunidade
Falta de verdade

Capitalismo
O mundo a beira do abismo
Dinheiro
Torna o mentiroso,''verdadeiro''

Indignação
Com o que fazem com a população
Ladrão
Criatura que tem o mal no coração

Drogas pesadas
A sentença de morte assinada
Desde a primeira,tragada,cheirada,injetada
E ninguém faz nada

Sujeira
Limpar é o que se promete
Ligeira
É a forma que isso se repete

Manipulação
É a mídia induzindo o cidadão
Fazendo acreditar que a televisão
Passa a verdadeira informação

São alguns problemas mundiais
E são ancestrais
Faz tempo que é tudo igual
Mas esquentar pra que né? Isso é ''normal''

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  19:40  16/03/2014

...

Eu quero curtir
Eu quero sair
Eu quero amar
Cada momento,sem parar

Eu quero aproveitar
Tudo que a vida tem pra me dar
Intensamente dia após dia
Até a hora que da vida,receba minha aposentadoria

Então me deixem aproveitar
Ninguém tem direito de interferir
Muito menos de me julgar
Se não vai acrescentar,basta partir

Me deixem sorrir
Me deixem sumir
Me deixem amar
Me deixem voar

A vida nos da tudo para estar em paz
Tudo para encontrar a nossa felicidade
Mas complicamos cada vez mais
Basta deixar pra vida,pois ela é quem sabe

Aprendi a não ter o coração mole
Embora amar,não é a gente que escolhe
Mas ultimamente meu coração está fechado
Cansado de ser maltratado

Minha mente só quer descansar
Ficar sem nada pra se preocupar
Nem amor,nem paixão
Não procuro isso pro meu coração

Se quero algo,é uma parceria
Pra dividir a minha alegria
Cobranças,desconfianças,esperanças?
É disso que minha mente cansa

Sintam-se á vontade para me julgar
Mas não pensem que vão me mudar
No momento é o que posso lhes dar
Me desculpem se alguém eu machucar


MATHEUS VALENTE GONÇALVES 18:50 16/03/2014

quinta-feira, 13 de março de 2014

Rasta...

Meu sentimento é Irie
A minha vibração é positiva
O bem é o que procuro fazer
E isso é o que levo pra toda a vida

Rasta é um estilo
De pensar,de fazer,de entender
Assim  estou tranquilo
Rasta é um jeito diferente de viver

Acreditando que o bem possa prevalecer
Acreditando que todos somos um só coração
Sem deixar a esperança morrer
De ver o mundo unido numa só nação

O Dread é ancestral
É o cabelo na sua forma natural
Burrice é esse tal preconceito
Pois basta não pentear o seu cabelo

O Dread é a força do Rastaman
Que é enviada do além
De dentro dos portões de Sião
Onde Jah nos manda a inspiração

O reggae faz a união
De todos os irmãos
É nessa batida
Que a vibe positiva pode ser sentida

A filosofia é Rasta
Pregando paz,amor e união
Isso é o que basta
Sem guerra,sem destruição

Apenas a Positiva Vibração
Sentida por cada cidadão
Mesmo recebendo olhares de indignação
Nós Rastas,tratamos todos com respeito e educação

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  14:30 13/03/2014

segunda-feira, 10 de março de 2014

Desapareço...

As vezes apareço
E quando menos se espera
Desapareço
Talvez volte,em algum dia de primavera

Quando dentro do meu coração
Florescer o amor e a paixão
Talvez volte,quando passar a indignação
Sou assim,as vezes sumo,sem razão

As vezes saio do ar
Me desligo,para viajar
Esfriar a cabeça,deixar passar
Tudo aquilo que está a me atormentar

Enquanto eu não me achar
Por ninguém serei achado
Digamos que quando minha poesia não rimar
Vou estar refugiado

Mostrando aos meus problemas uma solução
Solucionando um a um,vou voltando
Tirando da mente a aflição
E aos poucos vou retornando

Sumo quando não estou bem
Volto quando me sinto zen
Eu sou assim
Matando os dragões dentro de mim

Vou e volto
Sumo e retorno
Por onde andei?
Pelos caminhos que só eu sei

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  14:00 10/03/2014

domingo, 9 de março de 2014

Fugindo...

Pego uma estrada sem fim
E vou fugindo
Fugindo de todos,fugindo de mim
Vou indo,vou indo

Fugindo dos meus pensamentos
Fugindo dos meus tormentos
Fugindo de toda essa babaquice
Fugindo dessa mesmice

Fugindo das perguntas
Fugindo das respostas
Fugindo das vitórias
Fugindo das derrotas

Fugindo do frio
Fugindo do calor
Fugindo do vazio
Fugindo da dor

Fugir
Sem poder realmente sair
Dentro de mim,procuro me esconder
Juntando forças para me erguer

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  16:00  9/03/2014


quarta-feira, 5 de março de 2014

Perfeição!?

Eu sou perfeito?
Sou perfeito do meu jeito
Busco a perfeição
Deixando um pouco de mim,em cada coração

Ser perfeito não é sempre acertar
Ser perfeito é também errar
Mas ao errar,correr atrás para consertar
E nisso tentar cada vez mais se aperfeiçoar

Tudo é perfeito quando feito de coração
Tudo é perfeito quando há dedicação
E se perfeito eu não for?
Pelo menos tentei,ao espalhar o meu amor

Não busco a perfeição
Busco apenas a compreensão
De um modo melhor de se viver
Onde o bem possa prevalecer

Aos que perfeitos querem ser
Observem as coisas simples que deixamos de ver
O Sol se esconder,para a Lua aparecer
E com a natureza conviver

Buscar a perfeição tentando melhorar
Buscar a perfeição tentando ajudar
Aperfeiçoar o nosso coração
Em abrigar qualquer um que precise de compaixão

Aperfeiçoar a nossa luz,em tempos de escuridão
Procurando acertar a direção
E essa tal perfeição
Vai estar dentro do teu coração

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 05:10  05/03/2014

terça-feira, 4 de março de 2014

Destino!?

Obra da sorte
O sul achar o seu norte
Nas estrelas está escrito
Que juntos possam ir ao infinito

Uma mera coincidência
Encontrar a sua essência
Guardada por trás da aparência
Achar noutro coração a nossa existência

Uma fatalidade
E as coisas acontecem rapidamente
Não importando a idade
Apenas o que há no coração e dentro da mente

Um lugar
Algo em comum
Um brilho no olhar
E dois,já viraram um

E assim a vida vai brincando
Com o futuro das pessoas,se divertindo
Pessoas por ai vai lançando
E as certas seguem juntas,sorrindo

Obra do acaso?
Sorte ou fatalidade?
Escrito nas estrelas?
Sina,caminhos traçados?

Destino,já ouviram falar?
Destino,ele quem o caminho irá traçar
Destino,as pessoas certas irá colocar
Lada a lado,na mesma trilha a caminhar

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 23:20  4/03/2014

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Bob Live...

Bob Marley e suas danças
Rastaman e suas tranças
Que a todos alcança
Fazendo crescer a esperança

De ver o mundo melhorar
De ver a paz um dia reinar
De ver irmão ajudando irmão
Pois todos somos um só coração

Foi espalhando por todos os cantos
A sua Positiva Vibração
Causando no público encanto
Respeito e admiração

Assim foi Bob Marley
Místico,sábio,louco
Amar era a sua lei
Fez isso e não foi pouco

Um filho de Jah
De quem recebia inspiração
Mesmo indo pra lá e pra cá
Não se entregou pra ambição

Lutou pelos oprimidos
Lutou contra a tirania
Que deixava o povo deprimido
Só trazendo agonia

Fez da música a sua arma
Fez da poesia o seu escudo
Deixou na babilônia a marca
Do Rasta cabeludo

Alguns o chamam de profeta
Outros dizem que por Deus foi mandado
Só sei que o jeito que ele me afeta
Faz eu me sentir abençoado

Parabéns Bob,sei que tudo ficará bem
Onde estiveres,estarás Irie,estarás zen
E aqui a tua mensagem ainda vive
Bob Live,Jah Live,Jah Live

Aniversário de 69 anos do Bob Marley!!! Parabéns Jah Bless.

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 06/02/2014

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Flores do Jardim...

Flores do jardim
Orquídeas,bem-me-quer,jasmim
Todas coloridas
Um arco-iris de vida

Atraem os olhos humanos
Atraindo todos os anos
Pássaros,insetos e positividade
O jardim é um mundo a parte

Tem seus construtores
Tem seus lixeiros
Tem seus destruidores
Tem seus engenheiros

Um mini mundo na porta de casa
E quando ali chega um ser de asas
Seus moradores ficam apavorados
Logo se escondem para não serem devorados

Como é lindo um jardim diversificado
Várias cores,muitos aromas
E de perto observado
Notamos que ali há um pequeno bioma

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  21:50  03/02/2014

Poeme -se

E se fizermos de nossa vida um poema
Contornando qualquer problema
Cada passagem é um verso
Daquilo que está dentro do nosso universo

E nas estrofes da vida
Os poetas somos nós
Algumas linhas para serem corrigidas
Vamos fazendo ecoar a nossa voz

A cada viagem,um título
A cada ida e vinda,um novo estímulo
Para continuar a escrever
As páginas do nosso viver

A cada tristeza pela vida escrita
Uma angústia,uma ferida
Mas nada que nos faça parar
A poetizar nossa vida,vamos continuar

Vamos então enfatizar o amor
Sendo da nossa vida o escritor
Mais apaixonado desse mundo
Sentindo o amor enraizando lá no fundo

Dentro do peito encrustado no coração
É o amor e a paixão
Desse que a vida escreve com dedicação
Mostrando ao mundo toda sua emoção

É o recado que deixo pra você
Tente a sua vida poetizar
POEME-SE
E sua vida vai melhorar

Poema feito de uma frase de Enilton Grill Jr.

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 14:20 03/02/2014

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Aprendi...



Aprendi observando
Aprendi escutando
Aprendi errando
E hoje aos poucos vou ensinando

Aprendi a amar
Aprendi a compartilhar
Aprendi a ajudar
Deixando a paz por onde passar

Aprendi a fazer o bem
Sem importar pra quem
Aprendi a sorrir
Mesmo com muitos tombos pra cair

Aprendi que a emoção
Muitas vezes fala mais alto que a razão
Aprendi que no coração
Não há nenhuma divisão

Aprendi tudo isso com um ser
Que parecia até de outro mundo
Esse ser que me fez nascer
Desse ser é que sou oriundo

Quando observava ela fazendo o bem
Não entendia porque era assim
Parecia ter vindo do além
E foi isso que ela passou pra mim

Hoje sei que existia algo a mais
Não era a toa que só falava em amor e paz
Naquela sacola da "avon",não havia só mercadoria
Dali saiam sorrisos,esperanças,amor,sabedoria

Não é santa,pra ser santa milagre tem que fazer
Carregava o bem dentro do peito
Por isso milagre nenhum fez acontecer
Pois espalhava o amor,através desse seu jeito

Rejane Valente Gonçalves 

MATHEUS VALENTE GONÇALVES 19:20  28/01/2014

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Regras?

Muita gente procura a aceitação da sociedade
Fazendo tudo o que todo mundo faz
Achando normal deixar a vida passar
Correndo atrás de coisas sem sentido

Cumprindo regras,desregradas
E quem disse que é assim?
Já não sabemos mais
Fazemos porque somos programados pra isso

Cumprimos aquilo que nos dizem
Muitas vezes sem nenhum questionamento
Mas isso é realmente o correto?
Isso realmente irá nos fazer bem?

Não tentemos impressionar ninguém
Muito menos seguir esteriótipos que são impostos
A sociedade deve nos aceitar como somos
Pois somos todos iguais

Todos temos um coração
Todos carregamos o bem e o mal
Basta deixar o bem tomar conta de nós
E tudo vai dar certo

Então vamos ser nós mesmos
Impressionaremos o mundo
Fazendo o bem e o que é realmente certo
Isso sim é que deve se tornar uma regra

Faça o bem,espalhe a felicidade
Ame aquilo que te rodeia
Emane todas as vibrações positivas
E tornarás tua vida e a dos outros muito melhor

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  14:10  21/01/2014

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

O céu é o lugar...

Acho que o céu é o lugar
O céu é a vida de verdade
Isso aqui só serve pra mostrar
Se merecemos essa oportunidade

Lá é onde não há nenhuma divisão
Todos iguais,todos irmãos
Lá o que vale está dentro do coração
De todos os seus cidadãos

Aqui estamos em constante aprendizado
Aprendendo o certo e o errado
Estamos sendo observados
E na hora certa seremos levados

Quando atingirmos o auge do bem
Acontece algo do além
Que nos mostra a verdade
Que lá é a vida de prosperidade

Alguns quando sua maldade
Chega no nível máximo de crueldade
Uma força misteriosa
Os faz pagar,com sua vida maldosa

Então procure melhorar
Aproveite seu tempo aqui para amar
Amar o próximo,amar aquilo que faz
Mantendo-se sempre em paz

Passe adiante o bem e o que é correto
Mantenha seu corpo ereto
Não deixando ninguém te pisar
E sem pisar em ninguém,sua luz nunca se apagará

Aquele que carrega a luz dentro de si
Para a luz do outro,deve contribuir
E um dia todos juntos vamos brilhar
Pra lá das estrelas,pois o céu é o lugar

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  22:15  20/01/2014

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Sou contra tudo aquilo que divide o homem
Religião,partido político,preconceitos
Status,classe social,raças...

Não precisamos de igreja pra ter fé
Não precisamos de partidos pra ter política
O preconceito é uma grande burrice
O status é ser feliz
A classe social é estar de bem com a vida
E a raça é Humana

Enquanto essas coisas dividirem o homem
Nunca encontraremos a paz mundial
Nunca encontraremos a paz dentro de nós mesmos
Não podemos nos prender a essas tolices ultrapassadas

É hora de pensar diferente
Sozinhos somos fracos
Juntos somos invencíveis
O mundo todo,uma só nação
Pois não há fronteiras,dentro do coração

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  12:00 17/01/2014

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

A chegada da chuva...

Daqui observo a chuva chegar
E pelo jeito vai ser um monte
Primeiro o vento vem avisar
Que a chuva cai no horizonte

O dia se transforma
A noite retorna
E a chuva vem lavar
Limpando tudo e fazendo a semente germinar

Não deixando o ciclo acabar
Da mesma forma que começou
Logo vai terminar

Que beleza essa tempestade
Vento,água e eletricidade
Uma linda combinação
Que assusta e acalma o coração

Sinto nela uma magia natural
Parece que vem pra lavar todo esse mal
Chega sempre em boa hora
Já pensaram quantas dessas estão acontecendo agora?

Tempestade da medo e é perigosa
Mas é também maravilhosa
Perigo e beleza juntos
Parecem até coisa de outro mundo

Logo suas nuvens e raios vão embora
E a cor do céu melhora
Lá foram elas continuar
Por toda a Terra suas águas doar

MATHEUS VALENTE GONÇALVES  18:00 13/01/2014